top of page

Diagnóstico mapeia oportunidades de melhoria

Atualizado: 12 de mar.

Estudo aponta ações necessárias para implementar a gestão regional integrada de resíduos sólidos


Os levantamentos da infraestrutura necessária para avançar na estruturação de concessão ou parceria público-privada (PPP) para a gestão de resíduos sólidos na região da Mogiana apontam que há condições de implementar serviços que, além de responderem às demandas do marco legal, vão representar um salto de qualidade no atendimento à população.


Na amostra analisada – composta pelos 18 municípios que participam do projeto FEP CAIXA – observou-se a existência de aterros sanitários licenciados capazes de receber rejeitos e tratá-los de forma ambientalmente correta. Essa vantagem comparativa permitirá que os municípios avancem em outras frentes, buscando melhorias em escala.





O diagnóstico técnico aponta que, apesar de o sistema de coleta atual ser abrangente – chegando a 98% da população, segundo dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) – fica evidente a necessidade de modernização. Outra demanda é a inserção de soluções para o tratamento e valorização dos resíduos. Essas medidas serão capazes de ampliar o valor econômico da reciclagem e utilizar resíduos para gerar energia.


O desenho de um projeto sustentável a longo prazo também demanda a ampliação das ações de educação ambiental, estimulando a população a participar do sistema de coleta seletiva. O estudo ainda indica a ampliação da rede de ecopontos. Estas estruturas serão fundamentais para facilitar o envolvimento dos munícipes e promover mudanças de comportamento em relação ao descarte de resíduos.

20 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page